Tachos&Porcelanas e os símbolos taoístas na porcelana da Dinastia Ming: o “leque”

Depois de partilhar os oito símbolos budistas usados nos motivos decorativos das porcelanas da Dinastia Ming, Tachos&Porcelanas inicia um novo ciclo de elementos, desta feita os símbolos do Taoísmo.

O Taoísmo, originário da China, corresponde a uma tradição filosófica e religiosa que defende uma vida em harmonia com o «Tao», isto é, com o «princípio» por detrás de todas as coisas. No geral, a corrente taoista é pautada por uma vida serena, simples, espontânea, de contemplação da natureza e moderação dos desejos, tendo como referência os Três Tesouros: a compaixão, a moderação e a humildade.

O leque, é o atributo do chefe mitológico – Zhongli Quan – dos 8 imortais (He Xiang, Cao Guojiu,  Li Tieguai, Lan Caihe, Lü Dongbin, Han Xiangzi, Zhang Guolao e Zhongli Quan) e simboliza o «homem militar». Os 8 imortais, “nascidos” nas Dinastias Tang e Song, são legendários na mitologia chinesa e a cada um é reconhecido um poder que se transforma num instrumento para destruir o mal ou para dar vida.

Zhongli Quan tem o elixir da vida e, como tal, é um símbolo de longevidade. Carrega o leque para ressuscitar as Almas dos mortos, o qual representa ainda a delicadeza do sentimento.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *