Tachos&Porcelanas e os símbolos taoístas nas porcelanas da Dinastia Ming: as «castanholas»

As castanholas, são o elemento que caracteriza outro dos 8 imortais, Cao Guojiu, descendente de um general da Dinastia Song, cunhado do Imperador Renzong (era irmão da Imperatriz Dowager Cao) e, como tal, era o mais aristocrático dos oito imortais.

Reza a história mitológica que, envergonhado das condutas corruptas do irmão mais novo, que se fazia valer da sua posição nobre, Cao desistiu da sua carreira como Oficial e refugiou-se no campo, onde encontrou dois outros imortais, já referidos por T&P, Zhongli Quan e Lu Dongbin. Estes, ensinaram-lhe os princípios do Taoísmo e, em resultado da sua dedicação, ele próprio se tornou um imortal. Surge nas gravuras identificado com castanholas, que no passado lhe davam acesso livre ao Palácio, sendo o patrono dos actores. É também referenciado com uma placa de jade, simbolizando a acessibilidade às audiências com o Imperador. Em suma, com Cao Guojiu e o seu abandono da vida palaciana, a mitologia visa sublinhar o ensinamento de que os preenchimentos espiritual, ético e filosófico não são exclusivos dos aristocráticos.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *