Peru(a) de Natal

Ingredientes (para 12 pessoas)

Dia 1

  • 1 Perua com cerca de 6 quilos (a carne de perua é mais tenra que a de peru, por isso optamos sempre por esta)
  • 3 Limões
  • 3 Laranjas
  • 3 Colheres de sopa de pimenta negra
  • 1 Cabeça de alhos (grande)
  • Sal q.b.

 

Modo de preparação

Submerge-se a perua (totalmente) em água, fatiam-se os limões e as laranjas, esmagam-se os alhos e coloca-se tudo na água, juntamente com a pimenta e o sal e deixa-se repousar durante 24 horas.

Dia 2

  • 5 Cabeças de alho
  • Vinho branco q.b.
  • Azeite q.b.
  • Sal q.b.
  • 2 Colheres de sopa bem cheias de Pimenta preta
  • 1 Colher de sopa de cominhos
  • Meia colher de sopa de piri piri moído
  • Meia colher de sopa de canela em pó
  • Pimenta de Caiena q.b.
  • 2 Colheres de sopa de molho Worcestershire (opcional)
  • Cálice bem generoso de Cognac

(A quantidade de especiarias varia consoante as preferências)

(Será necessário 1 Seringa para injectar o cognac na carne)

 

Modo de preparação

Misturam-se todos os ingredientes, exceto o Cognac, e reduzem-se a uma pasta.

Retira-se a perua da água, seca-se, esfrega-se com sal e envolve-se nesta pasta.

Com a seringa, injeta-se, abundantemente a perua com o Cognac (vai fazer com que a carne fique particularmente macia e aromatizada). Coloca-se a perua num tabuleiro, envolve-se com uma película aderente e reserva-se no frigorífico durante 48 horas.

Dia 3

A perua mantém-se no frigorífico.

 

Dia 4 (dia em que se assa)

  • 1 Limão
  • 1 Laranja
  • 1 Pau de canela
  • Vinho branco q.b.
  • Água q.b.
  • Cognac (se preferir pode injectar mais um pouco de Cognac, para ficar mais presente)

 

Modo de preparação:

Liga-se o forno a 180º graus e retira-se a perua do frigorífico; descarta-se a película aderente.

Ferve-se água e, ainda com o lume ligado, espetam-se os dois citrinos num garfo e mergulham-se, durante 30 segundos, na água a ferver. Findo este tempo, introduzem-se dentro da perua, bem como o pau de canela.

Coloca-se no forno, rega-se o tabuleiro com um pouco de vinho branco, e deixa-se assar lentamente (demora cerca de 4 horas), virando-se a perua assiduamente ao mesmo tempo que se rega com os sucos que vai libertando. Deve-se acrescentar água ao tabuleiro, em pequenas doses, de forma a garantir que haja molho para regar a perua quando servida.

Depois de assada, descartam-se os citrinos e o pau de canela, fatia-se e serve-se. Pode ser acompanhada com arroz de frutos secos e/ou batata frita e rodelas de laranja.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *