O Grande Serviço de Versailles

A 3 de Janeiro de 1783, Louis XVI encomendou (e supervisionou) à Manufactura de Sèvres um Serviço de jantar – também referenciado como «Le Grand Service de Versailles» – com motivos mitológicos e outros inspirados nas Aventuras de Telémaco (de Fènelon) e das Metamorfoses de Ovídio, composto por 445 peças e o mais caro de sempre pela mesma produzido. Em 7 de Maio de 1788 às 10h00m, Antoine Régnier, que dirigia a Manufactura, apresentou ao Rei os esquiços para as 4 terrinas que comporiam o Serviço mas que, pela razão a seguir mencionada, nunca viriam a ser produzidas.

Ao tempo da encomenda foram previstos 23 anos para o Serviço estar concluído, não obstante o facto de a Manufactura dedicar ao mesmo os melhores dos seus trabalhadores, entre os quais Claude-Charles Gérard, Claude-Antoine Didier e Charles-Nicholas Dodin; um simples prato decorativo, que não era utilizado para as refeições sob pena de os talheres destruírem as pinturas, demorava mais de um ano a ser feito. Assim se compreende que só 174 peças tenham sido produzidas ao tempo em que o Rei foi executado, as quais lhe eram entregues no final de Dezembro por altura da apresentação das produções da Manufactura.
O pagamento seria faseado em «prestações» mensais e a última de que há registo data de 13 de Janeiro de 1792, já a Família Real estava em cativeiro; aliás, mesmo no cácere, o Rei continuou a acompanhar a evolução dos trabalhos que seriam interrompidos com a sua execução deixando, eternamente, as peças em falta num croqui.

Após a Revolução Francesa, o Serviço foi colocado à venda e em 1811, foi maioritariamente adquirido por George IV para o Castelo de Windsor, a Treuttel e a Würtz que o tinham adquirido nas «vendas da República» e ainda hoje faz para da Coleção Real Britânica.

img_4917 img_4920Curiosamente, em Portugal existe uma peça (salva com pé) deste serviço – a das imagens, da nossa autoria – que pode ser apreciada na colecção permanente da Fundação Calouste Gulbenkian, se bem que sem destaque de maior e sem referência a Luis XVI.

Curiosidades!!!

Fonte da imagem de destaque: universdeversailles.forumgratuit

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *